teste.jpg

SANTA CATARINA

Iniciativa, realizada pelo SESI, reverte recursos obtidos nas

inscrições para instituições beneficentes

 

Há 15 anos, Priscila Rosa, 35 anos, começou a correr inspirada nos atletas que participavam da Corrida São Silvestre. “Para mim é uma questão de saúde e de superação. Cada evento é uma ultrapassagem de tempo e de trajeto. Além da minha saúde ter melhorado muito depois que comecei a correr, em todas as competições encontro com os amigos”, relatou. Priscila foi uma dos quase mil atletas que participaram neste domingo (21) da 3ª Etapa da Corrida do Bem, em Chapecó. A iniciativa foi do Serviço Social da Indústria (SESI/SC), entidade da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC).

A largada foi na praça Coronel Bertaso, com trajeto que passou pela avenida Getúlio Vargas. Os percursos foram de 5 e 10 Km, caminhada de 5 km e maratoninha - para crianças e adolescentes de 7 a 13 anos. Osvaldo Renosto, 69 anos, corre há quatro anos. “Fiz o circuito de 10 km em 57 minutos. Gosto de correr porque, além de fazer amigos, incentiva outras pessoas a também praticar atividade física”, frisou. Rodrigo Krejci corre há um ano também em busca de saúde e recebe o incentivo da família. O filho, Álvaro, de três anos, correu maratoninha, que contou com a participação de mais de 50 crianças. “Ele vê o pai treinando e quer ir junto. É importante para a saúde e temos que incentivar”, destacou a esposa, Elizandra Krejci.

O vice-presidente regional Oeste da FIESC, Waldemar Schmitz, destacou a expressiva participação. “Tivemos quase mil inscritos e isso reforça a importância das ações do SESI a favor da saúde e da qualidade de vida”, frisou, acrescentando que os participantes também tiveram serviços de massoterapia, aferição da pressão arterial, avaliação física, frutas e água, além de aula de alongamento antes da largada.

A Corrida do Bem, maior circuito de corridas de rua de Santa Catarina, é composta por 16 etapas. Além de promover a saúde, os participantes contribuíram com uma ação beneficente, pois 20% do valor das inscrições foi revertido para o GAPA e CAPP de Chapecó.

O diretor regional oeste do SESI, Claudemir José Bonatto, realçou que o evento está consolidado no município. “O circuito tem dois objetivos: o primeiro é criar um movimento de estímulo às pessoas para praticar um esporte que faz bem para a saúde e qualidade de vida. A segunda grande virtude é a oportunidade que todos nós temos de ser mais solidários, de contribuirmos de maneira mais contundente com entidades que fazem um relevante trabalho para a comunidade. Chapecó alcançou todos os objetivos de participação, de contribuição da população e, acima de tudo, criou o conceito de que fazer uma atividade física faz bem para a saúde”, enalteceu.

Próxima Etapa do Circuito SESI Corridas do BEM acontece em Blumenau no dia 02 de julho. Inscrições no site: www.corridasdobem.com.br

 

Chapecó

 

SESI - Essencial como as Pessoas

SESI Esporte | Serviço Social da Indústria - Santa Catarina